Posts Tagged ‘ seis sigma ’

Inscrições para o curso Black Belt em Lean Seis Sigma se encerram na próxima quarta-feira

Seleção de projetos e pessoas, análise de sistemas de medição e aspectos econômicos são alguns dos tópicos abordados no curso Black Belt em Lean Seis Sigma, com inscrições abertas somente até 11 de maio, no Centro de Treinamento da Fundação Vanzolini, na Unidade Paulista.

Com início em 20 de maio, o curso tem o papel de formar especialistas na aplicação da metodologia e das ferramentas básicas, intermediárias e avançadas da Lean Seis Sigma, que identifica e implementa melhorias significativas nos processos, auxilia na redução de desperdícios e contribui para o aumento da produtividade nas organizações.

As aulas serão ministradas por professores do Departamento de Engenharia de Produção da USP, além de profissionais associados à Fundação Vanzolini. Para saber mais a respeito do conteúdo do programa, acesse www.vanzolini.org.br/seissigma

Informações
Curso: Black Belt em Lean Seis Sigma
Data: a partir de 20 de maio de 2011
Carga horária: 160 horas
Horário: sextas, das 19h30 às 22h30; e sábados, das 8h30 às 11h30
Local: Centro de Treinamento da Fundação Vanzolini – Av. Paulista, 967 – São Paulo, próximo ao metrô Trianon-Masp
Contato: 0800 770 06 08 (Estado de SP) e 11 3145-3717 (outras localidades)
Site: www.vanzolini.org.br
Investimento: R$ 8.000,00 – Matrícula + 9 x R$ 800,00. Pagamentos à vista têm 10% de desconto.

Anúncios

Faixa-preta do conhecimento

Até outro dia, ainda estranhava alguns nomes mais técnicos que encontrava aqui na Fundação Vanzolini. Um deles era o tal “Lean Seis Sigma”. O nome, na verdade, é a combinação de “Lean Thinking” (pensamento enxuto) e “Seis Sigma”, duas metodologias revolucionárias que, a cada ano, têm sido aplicadas por um número sempre maior de empresas que visam promover a melhoria de processos críticos, a rapidez e a redução de desperdícios.

Em conversa com o coordenador do curso, o Prof. Alberto Ramos, soube que já passaram pela Vanzolini muitos alunos que se desenvolveram nesse campo e permitiram às empresas onde trabalhavam conquistas para lá de significativas a fim de as tornarem mais competitivas. Um dia desses ainda vamos ter oportunidade de contar, aqui mesmo, uma dessas muitas histórias.

A avaliação dos alunos que querem se tornar “black belts” em Lean Seis Sigma é bastante criteriosa, dentro da qualidade que se procura em cursos como este. Além de um bom preparo, manter-se “faixa-preta” em Lean Seis Sigma exige treinamento constante, no desenvolvimento de projetos que envolvam essas duas metodologias.

Ser um “black belt” compensa em todos os sentidos. A considerar, por exemplo, o reconhecimento internacional, já que a Fundação Vanzolini mantém parceria com a GPS (Global Productivity Solutions), uma empresa de consultoria norte-americana com diversos escritórios no mundo. O que um profissional certificado faz, na prática, não é brigar sozinho neste mercado cada vez mais competitivo, mas preparar a equipe, a empresa, para os muitos desafios que têm pela frente.

Luiz Santiago & Vanzolini Blog

 leanseissigma_ar2.jpg

Anúncio do curso publicado no Estadão de 10/2