Posts Tagged ‘ Entrevista ’

Inovação com eficiência e sucesso

Imagem

Existe atualmente uma grande demanda e interesse por parte das empresas pelo assunto inovação. Em um cenário de grandes mudanças com que se deparam as organizações, muitas ideias estão surgindo com o objetivo de identificar transformações no processo de fabricação e criação de novos produtos.

A estratégia de inovação pode ser a responsável por fazer com que as empresas permaneçam no mercado, pois é ela quem determina em que medida e de que forma a empresa pode melhorar o seu desempenho, a partir de seus recursos técnicos e profissionais. “A empresa deve ter uma atitude aberta, estimulante e não conservadora. É preciso também dispor de uma estrutura organizacional e técnica adequada à execução dos seus projetos. Não é suficiente apenas uma boa ideia”, comenta Omar Madureira, professor do curso de capacitação em Estratégias de Negócio e Projetos de Inovação da Fundação Vanzolini.

Neste mesmo contexto está inserida a Estratégia de Negócios, que é elaborada a partir dos objetivos da empresa baseada nos seus pontos fortes e fracos e nas oportunidades e ameaças.

O Curso de Capacitação em Estratégias de Negócio e Projetos de Inovação foi criado para desenvolver competências e, a partir de uma visão estratégica de negócios, visando projetar e implantar produtos, processos, serviços e sistemas inovadores, funções essenciais para a organização. Em especial o curso destina-se a profissionais de empresas que buscam sucesso em mercados caracterizados pela competição por inovação.

Confira abaixo a íntegra da entrevista com Omar Moore de Madureira:

– O que é um projeto inovador?

Um projeto é inovador se:

1 – Apresentar uma nova solução técnica para atender melhor (mais econômica, eficiente, segura) a uma necessidade do mercado já atendida atualmente.

2 – Oferecer solução técnica para atender uma necessidade nova não ainda atendida.

Os projetos inovadores diferem-se dos evolutivos por envolverem riscos altos, exigirem grandes investimentos, mas, em compensação, possuírem grande potencial de lucratividade.

 – Como pode a empresa estimular a inovação?

A empresa deve ter uma atitude aberta, estimulante e não conservadora. É preciso também que tenha uma estrutura organizacional e técnica adequada à execução dos seus projetos. Para o sucesso não é suficiente apenas uma “boa ideia”.

– Quais são as principais características de um profissional inovador?

Ele deve ser criativo, inteligente, entusiasmado e, sobretudo, não aceitar a péssima postura do “é assim mesmo”.

– Como a formação acadêmica pode contribuir para uma visão estratégica de negócios?

A formação acadêmica deve dar a base necessária para tratar com competência dos aspectos técnicos da sua área. Por outro lado, uma formação em administração é necessária para compreender toda a complexa natureza dos negócios empresariais.

– Em quais áreas de atuação podem ser aplicados os conceitos apreendidos durante o curso?

Em todas as áreas da empresa, em projetos: de produtos, processos, serviços e sistemas.

Os métodos do curso se aplicam a todos os projetos de qualquer ramo de negócio.

– Por que cursar Estratégias de Negócio e Projetos de Inovação na Vanzolini?

A Fundação Vanzolini tem uma longa história de sucesso nos cursos de aperfeiçoamento e formação de profissionais. Neste curso, em particular, os alunos terão a oportunidade de conviver com professores de ampla experiência profissional em projetos da realidade empresarial. Além disso, serão conduzidos por grupos de alunos com afinidades profissionais trabalhos de aplicação em projetos de seu interesse.

Anúncios

Aluna do curso de pós-graduação em Ergonomia no jornal Agora São Paulo

fabianaO jornal Agora São Paulo, publicou uma matéria especial sobre as carreiras mais vantajosas, como escolher uma profissão e quais as principais exigências das empresas atualmente.

Fabiana é fisioterapeuta e a área de ergonomia, ainda novidade no mercado, foi sua escolha.  “A necessidade foi criada a partir de uma norma do Ministério do Trabalho publicada em 1990.Hoje, todos os tipos de empresa demandam esse profissional e são poucas as instituições que oferecem a formação”. Aluna do curso de pós-graduação em Ergonomia de Sistemas de Produção, Fabiana Raulino da Silva, falou sobre o curso e foi destaque no especial Profissões.

A especialização em Ergonomia de Sistemas de Produção (orientada para melhorar condições de trabalho de funcionários) é um dos cursos que tem maior demanda pelas empresas na Fundação Vanzolini hoje.

Ainda segundo a matéria, o número de vagas na área de engenharia aumentou nos últimos anos.

Cursos relacionados à engenharia de produção têm grande procura por alunos de pós-graduação, aponta o professor Mauro Spínola, coordenador do MBA Executivo Gestão de Operações Produtos e Serviços da Poli/USP, operacionalizado pela Fundação Vanzolini. “São cursos que formam profissionais qualificados e capacitados para atender as demandas dos diversos segmentos da cadeia produtiva”, analisa.

Entrevista DCI: Fundação Vanzolini fala sobre o crescimento das frotas particulares de aeronaves

AéroA frota aérea brasileira conta hoje com cerca de 20 mil aeronaves registradas pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), das quais 53,4% do total contabilizado envolvem o segmento de taxi aéreo (cerca de 1.600), e uso particular (quase 9 mil).

Conforme informações levantadas com a Anac, referente a 2012, a frota particular no Brasil é muito maior do que a do Transporte Aéreo Público Regular, Doméstico ou Internacional (RP).
A área de frota particular e taxi aéreo deverá, aliás, impulsionar a venda de aeronaves de menor porte – depois de um aumento tímido, de apenas 1% no ano passado, com relação a 2011, assim há previsão para este ano de um crescimento da frota de aeronaves particulares na comparação com 2012.

Mesmo sem definições essenciais do governo federal sobre os investimentos em aeroportos regionais no País, que deverão facilitar o trabalho de empresas, o setor de táxi aéreo está otimista.

Para Jorge Leal Medeiros, especialista em transporte aéreo da Fundação Vanzolini, apesar de não ser o objetivo inicial da medida anunciada pelo governo federal, os investimentos devem, sim, alavancar os negócios dessas empresas.

Como ler seu ambiente – Códigos e etiquetas do mundo corporativo

YVocê está acostumado a frequentar aulas, lidar com professores, colegas de classe, estudar e fazer provas. De repente, o jogo muda. É preciso vestir roupas formais, pensar antes de dizer o que vem à cabeça, além de entender a atender a uma hierarquia composta de coordenadores, gerentes e chefes.

A chegada de um jovem ao mercado de trabalho é cheia de expectativas. A empresa quer ver logo o conhecimento e a criatividade do sangue novo.

De acordo com a pesquisa Sonho Brasileiro, feita pela agência Box 1824 com jovens de 18 a 24 anos, 55% do público tem como maior sonho algo ligado ao trabalho. E 24% deles afirma que seu maior objetivo de vida está relacionado à “profissão dos sonhos”.

Para Vera Martins, consultora e professora da Fundação Vanzolini, o profissional deve pensar que precisa ser aceito sem ser igual aos outros. “É preciso saber o que aproxima e o que afasta as pessoas. Quando você mostra respeito pelo cargo do outro, gera emoção positiva nessa pessoa. Resultado: a pessoa vai se sentir querida por você, o que facilitará as relações com ela.”

Fonte: Você S/A